RI-FJP  Centro de Estatística e Informações (CEI)  CEI – Teses de doutorado 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://www.repositorio.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/165

Título: A nova geografia econômica: três ensaios para o Brasil
Autor: Aguilar, Carla Cristina
Orientador: Figueiredo, Lízia
Coorientador: Lemos, Mauro Borges
Membros da banca: Figueiredo, Lízia
Domingues, Edson Paulo
Martins, Ricardo Silveira
Silveira Neto, Raul da Mota
Almeida, Eduardo Simões de
Nível: Doutorado
Instituição: Universidade Federal de Minas Gerais
Departamento: Faculdade de Ciências Econômicas
Programa: Pós-Graduação em Economia
Afiliação: Fundação João Pinheiro
Data: 2007
Descritores: Renda per capta
Desigualdade regional
Atividade econômica
Keywords: Per capita income
Regional inequality
Economic activity
Palavras-Chave: Acesso aos mercados
Nova geografia econômica
Resumo: Esta tese tem como proposta analisar a desigualdade da distribuição das atividades econômicas e da renda per capita no Brasil, utilizando dados censitários para as microrregiões do Nordeste, Sudeste e Centro-Oeste. Para isso, são apresentados três artigos. No primeiro artigo, Acessibilidade e desigualdade regional no Brasil: uma proposta metodológica, propõe-se um indicador de acessibilidade que é uma medida de mercado potencial, mas que considera as diferenças de infra-estrutura existentes no Brasil. O segundo, Aglomerações: quais seus fatores explicativos?, através de uma metodologia de análise de variância, procura responder quais os fatores explicativos das aglomerações. Os resultados mostram que os principais fatores são os aglomerativos, corroborando com os argumentos da Nova Geografia Econômica. Diante disso, buscaram-se indícios de que o custo de transporte esteja no nível intermediário, o que foi verificado. O terceiro artigo, Mercado potencial e crescimento econômico: evidências para as microrregiões do Sudeste, Nordeste e Centro-Oeste brasileiro, analisa se existem evidências de que o acesso aos mercados influencia o diferencial de renda per capita existente entre as microrregiões e se há heterogeneidade dos parâmetros. Os resultados apontam para uma influência do acesso aos mercados sobre o diferencial de renda per capita. Essa influência é diferenciada entre as microrregiões presentes no Sudeste e no Nordeste e Centro-Oeste. No Sudeste, há uma relação positiva, ou seja, quanto maior o acesso aos mercados maior o crescimento da renda per capita, enquanto para as microrregiões do Nordeste e Centro-Oeste o resultado é inverso.
Abstract: This thesis has three contributions: a) in the first paper, we develop a transportation cost index based on the market potential concept. b) In the second paper, we test if first or second nature causes determine agglomerations in our sample, which is composed by micro-regions of the Northeast, Southeast and Centre-West macro-regions in Brazil, in the period 1970-2000. We observe that second order causes directly or indirectly are the main determinants of agglomeration. We also collect evidence that transportation cost are at intermediate levels in these regions. c) In the third paper, we investigate if access to markets determines the (transitional) growth rate of per capita income. It does, but in a differentiated manner accordingly mainly to the macro-region from which the micro-region belongs.
Referência: SOUZA, Carla Cristina Aguilar de. A nova geografia econômica: três ensaios para o Brasil. Belo Horizonte: UFMG, 2007. 130 f. Tese (Doutorado em Economia) - Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional, Faculdade de Ciências Econômicas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo Horizonte, 2007.
Aparece na(s) coleção(ções):CEI – Teses de doutorado

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
A Nova Geografia Econômica três ensaios para o Brasil.pdf1,28 MBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons

Creative Commons

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.