RI-FJP  Centro de Estatística e Informações (CEI)  CEI – Teses de doutorado 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://www.repositorio.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/171

Título: As organizações policiais e os processos de transição entre modelos: mitos, racionalidade e o campo institucional da polícia
Autor: Marinho, Karina Rabelo Leite
Orientador: Prates, Antônio Augusto Pereira
Nível: Doutorado
Instituição: Universidade Federal de Minas Gerais
Departamento: Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas
Programa: Pós-Graduação em Sociologia
Afiliação: Fundação João Pinheiro
Data: 2011
Descritores: Mudança organizacional
Sociologia organizacional
Polícia militar
Keywords: Organizational change
Organizational sociology
Military police
Resumo: O presente trabalho tem como objetivo discutir – teórica e empiricamente – o alcance explicativo da sociologia das organizações e suas proposições alternativas ao modelo econômico de ação social e mudança organizacional, mais especificamente em sua abordagem institucional. De um ponto de vista empírico tem como objetivo abordar tais discussões por meio das implicações, de natureza organizacional, do processo de mudança do modelo convencional, profissional-burocrático de policiamento, para o modelo de policiamento comunitário, em organizações policiais militares. Em outras palavras, procura demonstrar que a transição de uma estratégia organizacional para outra implica mudanças significativas na estrutura e “caráter” da organização, com altos custos para a sua estabilidade. Essa afirmação advém de considerações teóricas realizadas na ocasião da dissertação de mestrado. Naquele trabalho, foram discutidos, de um ponto de vista lógico e conceitual, os principais elementos que constituem as organizações de um modo geral e as organizações policiais militares, de modo particular, com o intuito de apontar evidências acerca das consequências implicadas nos processos de alteração do design e procedimentos organizacionais. O presente trabalho, por sua vez, tem como perspectiva que processos de mudança em organizações policiais, aqui as organizações policiais militares, refletem mais estratégias de não mudança, ou seja, maneiras de absorção de incertezas ambientais, em um contexto de deslocamento entre estrutura e ambiente organizacional, no qual demandas ambientais pouco influenciam o formato estrutural das organizações de polícia. Supõe-se, desse modo, que a polícia, tida como organização formal, está sujeita à análise através da sociologia das organizações, não devendo se submeter exclusivamente às teorias específicas de polícia ou à policiologia, como tradicionalmente tem sido feito. Um dos focos do trabalho, assim, diz respeito a discussões de natureza teórica sobre tensões estruturais entre modelos distintos, buscando evidências empíricas do argumento apresentado, por meio de informações de natureza qualitativa. A abordagem organizacional é apresentada após uma breve consideração de seu background teórico, de um modelo racional fechado, à crítica feita pela sociologia organizacional, crítica que possibilitou a construção de um instrumental teórico e metodológico compatível com a análise de organizações complexas, como é o caso das organizações policiais.
Abstract: This paper aims to discuss - both theoretically and empirically - the explanatory power of the sociology of organizations and their alternative proposals to the economic model of social action and organizational change, specifically in its institutional approach. From an empirical point of view, it aims to address these through discussions about the implications of organizational nature on the change process of the conventional policing model, (professional-bureaucratic) to the community policing model. In other words, argues that the transition from an organizational strategy to another requires significant changes in the structure and ethos of the organization, with high costs for its stability. This statement comes from theoretical considerations made on the occasion of a dissertation for a master´s degree. At that work were discussed, in a logical and conceptual standpoint, the constitutional elements of organizations (in general), and of the military police organizations, in particular, with the intention to point evidences regarding the consequences involved in the processes of organizational design and procedure changes. This work, in turn, presents the perspective that processes of change in police organizations, military police organizations here, reflect more strategies to not change, as they are ways to absorb environmental uncertainty in a context of displacement between structure and organizational environment, in which environmental demands little influence the structural format of police organizations. It is assumed thereby that the police, taken as a formal organization, is subject to analysis by the sociology of organizations, and should not be subject only to police specific theories, as has been traditionally. Thus, one of the focuses in this work relates to theoretical discussions about structural tensions between different organizational models, seeking empirical evidence of the argument presented by means of qualitative information. The organizational approach is presented after a brief consideration of its theoretical background, a closed rational model criticized by the organizational sociology, criticism witch allowed the construction of a theoretical and methodology tool consistent with the analysis of complex organizations, such as police organizations.
Referência: MARINHO, Karina Rabelo L. As organizações policiais e os processos de transição entre modelos: mitos, racionalidade e o campo institucional da polícia. 2011. 255 f. Tese (Doutorado em Sociologia) - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas, Universidade Federal de Minas Gerais, Belo horizonte, 2011.
Aparece na(s) coleção(ções):CEI – Teses de doutorado

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
As organizações policiais e os processos de transição entre modelos.pdf1,32 MBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons

Creative Commons

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.