RI-FJP  Centro de Estatística e Informações (CEI)  CEI – Artigos de periódicos 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://www.repositorio.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/62

Título: Expectativa de vida saudável para idosos brasileiros, 2003
Título alternativo: Healthy life expectancy to Brazilian elders, 2003
Autor: Camargos, Mirela Castro Santos
Rodrigues, Roberto do Nascimento
Machado, Carla Jorge
Afiliação: Fundação João Pinheiro
Universidade Federal de Minas Gerais
Universidade Federal de Minas Gerais
Data: 2007
Descritores: Qualidade de vida
Longevidade
Idoso
Saúde
Keywords: Quality of life
Longevity
Elderly
Health
Palavras-Chave: Expectativa de vida saudável
Autopercepção de saúde
PNAD 2003
Resumo: O objetivo do presente estudo é medir a expectativa de vida saudável para a população brasileira de 60 anos e mais, por sexo e idade, em 2003. Para isso, foi empregado o método de Sullivan, combinando a tábua de vida, com experiência de mortalidade corrente da população e suas percepções de saúde. Optou-se por utilizar a autopercepção do estado de saúde, dicotomizada em boa e ruim, como medida do estado saúde dos indivíduos idosos, com informações advindas da Pesquisa Nacional por Amostra Domiciliar (PNAD) de 2003. As estimativas mostram que as mulheres vivem mais, porém o número de anos a serem vividos por elas percebendo sua saúde como ruim é maior do que a estimativa para os idosos do sexo masculino. Os resultados chamam atenção para a necessidade de considerar as diferenças entre os sexos em relação à demanda por cuidados de saúde, assim como para a necessidade de políticas visando aumentar os anos a serem vividos pelos idosos em condições que estes considerem como de boa saúde.
Abstract: The aim of the present study is to measure the life expectancy for the elderly of 60 years and above, by sex and age, in the year of 2003. The Sullivan method was used, which combined the life-table with the current experience of mortality and the self-perceived health. The mortality information was obtained from the life tables published by the IBGE (Brazilian Institute of Geography and Statistics), 2003. The self-perceived health was used and it was dichotomized in good and bad. This information came from the National Research of Household Sample (PNAD), 2003. The results indicate that women live longer, but spend a higher number of years perceiving their health as bad, as compared to men. The results also highlights to the need of considering the differences between sexes in relation to the demand for health care. It is also important to consider the need to have policies designed to allow the increase in the number of years that the elderly can live in good health conditions.
Referência: CAMARGOS, M. C. S.; RODRIGUES, R. N.; MACHADO, C. J. Expectativa de vida saudável para idosos brasileiros, 2003. Ciência & Saúde Coletiva, v. 14, n. 5, p. 1903-1909, 2009.
ISSN: 1413-8123
DOI: 10.1590/S1413-81232009000500032
Aparece na(s) coleção(ções):CEI – Artigos de periódicos

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
Expectativa de vida saudável para idosos brasileiros 2003.pdf43,35 kBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons

Creative Commons

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.