RI-FJP  Escola de Governo (EG)  EG – Artigos de periódicos 

Utilize o seguinte identificador para referenciar este item:
http://www.repositorio.fjp.mg.gov.br/handle/123456789/92

Título: Electronic government policies in Brazil: context, ICT Management and outcomes
Título alternativo: Políticas de governo eletrônico no Brasil: contexto, gestão de TIC e resultados
Autor: Laia, Marconi Martins de
Cunha, Maria Alexandra Viegas Cortez da
Nogueira, Antonio Roberto Ramos
Mazzon, José Afonso
Afiliação: Fundação João Pinheiro
Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Universidade Federal do Rio de Janeiro
Universidade de São Paulo
Data: 2011
Descritores: Governo eletrônico
Tecnologia de informação
Reforma do estado
Administração pública
Keywords: Electronic government
Information technology
State reform
Government
Palavras-Chave: Gestão de TIC
Teoria institucional
Resumo: Os processos de Reforma do Estado combinados com a emergência e uso de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC) deram origem, no Brasil, a políticas e ações de governo eletrônico. Este artigo debruça-se sobre o e-governo brasileiro, investigando o desenho institucional que ele assumiu na esfera estadual do país e como contribui para os resultados associados às possibilidades do e-gov. Numa perspectiva interpretativista, utilizou-se a Teoria Institucional como lente teórica no exame do campo. A partir da análise de entrevistas feitas a atores relevantes na esfera dos estados brasileiros, tais como secretários de estado e presidentes de empresas públicas de informática, as conclusões apontam para a baixa institucionalização das políticas de e-governo. O desenho institucional do governo eletrônico brasileiro limita a utilização das TIC na prestação de serviços públicos integrados, na ampliação de participação e transparência, e no aprimoramento de políticas públicas.
Abstract: The State Reform processes combined with the emergence and use of Information and Communication Technology (ICT) originated electronic government policies and initiatives in Brazil. This paper dwells on Brazilian e-government by investigating the institutional design it assumed in the state’s public sphere, and how it contributed to outcomes related to e-gov possibilities. The analyses were carried out under an interpretativist perspective by making use of Institutional Theory. From the analyses of interviews with relevant actors in the public sphere, such as state secretaries and presidents of public ICT companies, conclusions point towards low institutionalization of e-gov policies. The institutional design of Brazilian e-gov limits the use of ICT to provide integrated public services, to amplify participation and transparency, and to improve public policies management.
Referência: LAIA, M. M.; CUNHA, M. A. V. C.; NOGUEIRA, A. R. R.; MAZZON, J. A. Electronic government policies in Brazil: context, ICT Management and outcomes. RAE, São Paulo, v. 51, n. 1, p. 43-57, 2011.
ISSN: 0034-7590
DOI: 10.1590/S0034-75902011000100005
Aparece na(s) coleção(ções):EG – Artigos de periódicos

Arquivos deste item:

Arquivo Descrição TamanhoFormato
Electronic government policies in Brazil context, ICT management and outcomes.pdf266,36 kBAdobe PDFVer/Abrir
Visualizar estatísticas

Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons

Creative Commons

Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.